Glossário de Hospedagem de Site: Aprenda os termos técnicos

Quando o assunto é hospedagem de site, o que mais vemos são termos relacionados aos seus recursos, funcionalidades, painéis de gerenciamento e muito mais.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Quando o assunto é hospedagem de site, o que mais vemos são termos relacionados aos seus recursos, funcionalidades, painéis de gerenciamento e muito mais.

Para quem não possui conhecimentos técnicos ou é novo nesse meio, conhecê-los é muito importante. Já que faz toda diferença no melhor aproveitamento desse serviço.

Um exemplo disso é a hospedagem ilimitada onde esse termo não é usado por existir uma falta de limite realmente.

Mas sim, porque sua capacidade é tão alta que dificilmente seus usuários conseguem atingi-la. O que é inclusive, um dos maiores diferenciais oferecidos nesse tipo de serviço.

Além disso, a falta de entendimento desses termos pode dificultar todo o processo de criação de sites e de seus conteúdos.

Do mesmo modo que, o conhecimento auxilia na melhor escolha do próprio serviço de hospedagem. Entendo assim, qual delas oferece o melhor custo-benefícios para seu negócio.

Então, continue lendo este artigo e confira nosso glossário agora mesmo!

Glossário completo da hospedagem de site

A essa altura, se você está criando o seu próprio negócio digital ou criando a presença neste meio para um físico já existente.

Com certeza já deve ter se deparado com inúmeros termos. Isso é bastante comum e alguns deles, podem até ter um fácil entendimento para quem possui inglês.

Enquanto outros são mais difíceis de interpretar, pois, são vistos em siglas ou suas traduções não revelam exatamente o que representam.

Mas, você já percebeu como isso interfere na escolha da hospedagem de site ? Ou até mesmo nos resultados da sua plataforma?

Por isso, iremos listar os termos mais comuns relacionados a hospedagem de sites a seguir, em categorias, confira!

Termos sobre domínio

Glossário sobre registro de domínio

Em primeiro lugar, iremos falar sobre um dos termos mais mencionados e relacionados, a este serviço.

Isso porque até mesmo para experimentar um serviço de hospedagem com 30 dias grátis, é preciso do registro de domínio. Portanto, domínio nada mais é do que o “nome de um site”.

Ou seja, é o endereço digital de uma plataforma como site ou blog. Através do qual, usuários da internet poderão acessá-lo.

Isso faz com que não seja necessário decorar IPs para acessá-los. Algo muito complicado, uma vez que, eles possuem diversos números.

Além disso, para contratar um serviço de hospedagem de sites, é preciso antes ter um domínio registrado, pelo menos, aqui na BQHost.

Domínio complementares

Também conhecido como domínio adicional, essa é uma função em seu painel de controle, que permite hospedar mais de um domínio em um único plano de hospedagem simples.

Domínio estacionado

Imagine que na hora de fazer o registro de domínio, você optou por garantir os direitos do site tanto em sufixos “.com”, quanto “.com.br”.

Eliminando assim, a possibilidade de concorrentes usarem o mesmo nome da sua marca nas extensões mais pesquisadas. Isso caracteriza então, dois sites, certo?

Mas, não significa que tudo que você criar de conteúdo em um deverá ser postado no outro também – ou até mesmo, tirar uma das plataformas do ar.

Portanto, é aí que um domínio estacionado entra. Esse é um termo que representa o direcionamento de uma plataforma a outra, unificando-as.

Você terá um domínio principal, por exemplo o nome com a extensão .com.br, e aplicará o estacionamento no .com.

Assim, quando o seu cliente digitar o domínio com o sufixo .com, será redirecionado para o conteúdo presente no .com.br.

Isto é muito comum aqui na empresa, clientes que querem garantir todas as extensões de domínios, para que outras pessoas não os registrem.

Há anos tentamos registrar o domínio bqhost.com, mas não conseguimos. E considerando que o nosso negócio é no Brasil, o domínio bqhost.com, não faz diferença. Mas dizer que não queremos, seria uma inverdade.

Extensão de domínio

Mencionada acima, a extensão de um domínio é o termo colocado logo após o ponto (.) seguinte ao nome do seu endereço.

Outra sigla para esse termo é TLD, do inglês Top Level Domain. Podendo ser traduzido ainda como domínio de primeiro nível.

Essa extensão tem a função de indicar a categoria a qual um endereço pertence e existem inúmeros tipos, por exemplo:

.com.br – uso genérico para atividades comerciais no Brasil (mais comum);

.org – destinado a instituições não governamentais sem fins lucrativos;

.riodejaneiro.br – indica a cidade a qual o domínio pertence.

Como você pode notar, muitos sites utilizam apenas “.com” e alguns outros, o sufixo “.br” também se faz presente.

Indicando assim, o país de origem do domínio e quem o administra. Contudo, apesar de existirem diversos tipos, os genéricos são os mais utilizados.

A propósito, temos aqui em nosso blog, um artigo bem esclarecedor com todas as extensões de domínios nacionais e para quem é destinado cada uma delas. Clique aqui para conhecer.

Subdomínio

Além do domínio em si, um site, pode possuir ainda subdomínio que são endereços secundários do nome principal.

Desse modo, sendo acrescidas algumas palavras a este domínio. Confira o exemplo a seguir:

Domínio: www.nomedaempresa.com.br

Subdomínio: www.blog.nomedaempresa.com.br

Muitas pessoas utilizam esse recurso para criar um blog, separando-o do domínio principal que funcionará apenas como site institucional.

Site, URL e Blog

Pode parecer bastante óbvio, mas, a palavra site nada mais é do que o conjunto de todas as páginas que formam e correspondem a um domínio. Seja essa uma página de conteúdos de loja virtual ou de um simples site institucional.

Enquanto que URL, já mencionada antes, é outra forma de chamar o endereço de um site. Mas, que se difere por ser o termo que representa o endereço completo de um site, ou seja, incluindo seu protocolo (http ou https), sub ou domínio e o diretório.

O diretório por sua vez, é a indicação de uma página específica, tal como “www.meusite.com.br/o-que-e-diretorio“. Dentro da URL, o diretório é o responsável por tornar esse endereço amigável para os mecanismos de busca.

Assim como o site mencionado antes, o blog é uma plataforma que também representa o conjunto de páginas que formam um domínio.

Muitas vezes, ele pode estar destacado como um subdomínio. Ou, pode ser apenas o domínio principal de forma direta.

A definição de blog em si, é a de uma plataforma voltada a produção e veiculação de conteúdos segundo estratégias do marketing digital.

Em alguns casos, podem não existir nenhuma estratégia aplicada. Geralmente, nos casos de blogs pessoais que não possuem nenhum intuito comercial.

DNS

Uma sigla para Domain Name System que pode ser traduzida como Sistema de Nomes de Domínios.

Os DNS são responsáveis por apontar o seu domínio para a empresa de hospedagem de site que você contratou. Simples assim!

A própria empresa de hospedagem, disponibiliza essa informação para seus clientes usarem em ações nas quais ela é necessária.

Leia também:
19 Melhores Aplicativos Para Gerenciar E-mails Profissionais
2Tipos de servidores para Hospedagem de Sites – Qual o melhor?

Termos sobre hospedagem de site

Hospedagem de sites, significa um serviço digital de armazenamento de arquivos e dados que compõe sites, blogs, loja virtual, dentre outros.

Garantindo assim, que estes “rodem” funcionado corretamente. A hospedagem então, é o armazenamento que representa o aluguel de um espaço dentro de um servidor.

Hospedagem compartilhada ou simples

É dos tipos de serviço de armazenamento, sendo o mais comum já que oferece um ótimo custo-benefício.

Isso porque o espaço disponibilizado pelo servidor, é compartilhado. Mas, que dentro do seu plano, você terá acesso apenas a sua plataforma.

Esse compartilhamento de servidor é também uma característica dos planos de revenda de hospedagem, serviço este que permite a divisão do espaço que foi concedido em espaços menores, a fim de alugá-los e obter renda. Mas é utilizado para outros fins também.

Servidor

Representa o computador (equipamento) em sua forma física ou virtual (para hospedagens em nuvem) onde sites são armazenados e disponibilizados online.

O plano de servidor dedicado, quer dizer que, aquele site ou cliente, terá todos os recursos do servidor/máquinas somente pra ele. Ou seja, são equipamentos de uso exclusivo.

Data center

Espaço físico no qual, os equipamentos de um servidor se encontram para realização de manutenções.

Bem como, para sua própria existência em si. Sendo altamente protegidos a fim de evitar perdas, invasões, etc.

Temos em nosso blog um artigo muito interessante sobre os tipos de servidores para hospedagem de sites e qual é o melhor para cada necessidade. Caso tenha interesse em ler depois desse, clique aqui.

Hosting

Os hostings são grandes empresas, na maioria das vezes, detentores de data center. Possuem estruturas robustas e oferecem diversos tipos de serviços, desde hospedagem de site baratas até servidores dedicados com grandes recursos.

Espaço em disco

Como o próprio nome já indica, o termo se refere a quantidade de espaço disponibilizada para armazenamento em servidores.

Sendo assim, definido de acordo com o tipo de plano de hospedagem. Esse é um recurso bastante essencial e que impacta nos resultados de uma plataforma.

Base de conhecimento

Um canal oferecido pelas empresas de hospedagem de sites no qual, seus clientes podem acessar informações, tutoriais, instruções de uso, fóruns de discussão, etc.

Onde os consumidores aprendem a usar melhor esse serviço, trocam dicas, buscam soluções, etc.

Muitas vezes, sendo mais ágil na resolução de problemas devido a explicação desses. Baseadas assim, na ocorrência de outros usuários, ao invés de ter que esperar uma resposta do suporte.

Termos sobre gerenciadores

Glossário sobre gerenciadores de hospedagem de site

Agora, iremos falar então sobre alguns dos termos relacionados ao gerenciamento de plataformas, confira abaixo.

cPanel

Se você se deparou com o termo cPanel, provavelmente já deve ter percebido que ele se refere a um software.

Uma abreviação para Control Panel, essa é uma ferramenta de gestão de hospedagem. Mundialmente conhecida e utilizada, essa é considerada a melhor do mercado.

Tal painel de controle tem como objetivo a otimização das configurações de seu plano de hospedagem de sites e praticidade no uso dos recursos.

CMS

O mais conhecido e famoso utilizado em todo o mundo é o WordPress, mas, qual significado dessa sigla?

Content Managemente System ou em português, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Sendo assim, ferramentas integradas a sites que atuam no seu gerenciamento.

De forma facilitada e voltada tanto a criação de sites profissionais, quanto de conteúdos a serem veiculados neles – muito usado para blogs.

Tais sistemas são desenvolvidos de modo que, quem os utiliza, não precisa ter nenhum conhecimento sobre desenvolvimento e programação.

Além disso, por meio deles é possível acrescentar plugins a seu site. Ou seja, “módulos de extensão” que acrescentam funcionalidades complementares ao site.

WordPress, é um termo que já mencionamos e que você irá se deparar muito, e estamos falando de um CMS ou gerenciador de conteúdos. Como vimos até agora.

Outros termos comuns na hospedagem de sites

Termos técnicos hospedagem de sites

Além dos termos já mencionados até o momento, iremo listar abaixo, outros bastante comuns também.

Endereço de IP

Bastante falado, esse termo representa um código de números que identificam servidores e dispositivos, impedindo que hajam mais de um com mesmo “nome”.

SSL

O Certificado SSL é um protocolo de segurança emitido, representando assim, uma sigla para Secure Socket Layer.

Sua função é codificar e decodificar dados, arquivos e outras informações presentes na plataforma tanto de seus usuários internos, quanto externos (visitantes) que trazem dados para elas e que estão sob as leis de privacidade da internet.

Portanto, sites que possuem esse certificado são verificados como seguros e protegidos. Garantindo a integridade de quem usa e protegendo-os de roubo de dados, fraudes, golpes, invasões e ataques hackers, entre outros.

Muito comum hoje, já que o Google e outros buscadores penalizam páginas de sites que não o possuem, dificultando seu ranqueamento.

Esse protocolo é importante especialmente para lojas virtuais. Protegendo dados como os de cartões de crédito e informações pessoais.

SSD

Solid-State Drive é uma tecnologia de armazenamento que precede o Hard Disk (disco rígido). Composta por um circuito integrado semicondutor, moderno e que traz diversos benefícios.

Entre eles um tempo de carregamento elevado, sites até 4x mais rápidos, maior desempenho, estabilidade e uptime.

FTP

Ou File Transfer Protocol, estamos falando aqui, de um protocolo de transferência de arquivos entre um computador e um servidor, capaz de fazer uploads e downloads.

Favicon

Um ícone de um site ou blog que é exibido na aba do navegador, facilitando assim, a identificação da plataforma em navegadores.

Bem como, fortalecendo a identidade visual da marca. Isso porque geralmente utiliza-se a logo dela nesse “espaço”.

Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes
Dúvidas frequentes
O que é hospedagem de sites?

Hospedagem de sites é um espaço em servidor que armazena todas as informações do seu site, deixando-os disponíveis para todos que acessarem.

Qual a diferença entre hospedagem de site e domínio?

A hospedagem é responsável por armazenar os arquivos do seu site, e-mail etc.. E o domínio é endereço pelo qual os usuários chegarão até o site.

Quais as diferentes entre html e https?

O primeiro é uma sigla para HiperText Markup Languaje e que diz respeito a linguagem marcação de textos que compõe os conteúdos e estruturas de uma plataforma. Enquanto https é Secure Hypertext Transfer Protocol e representa o protocolo presente no início de uma URL. Seu objetivo é apontar que um site possui um certificado SSL e é seguro. Portanto, aqueles com apenas http, não o possuem e não podem ser verificados como seguros;

O que é uptime?

Esse termo é usado para representar a disponibilidade de um servidor e a garantia de permanência de um site no “ar”. O ideal, é que uma hospedagem de sites tenha uma uptime de 99,5% para cima, a fim de ser considerado bom.

O que é hospedagem com SSD?

SSD é uma tecnologia de armazenamento e salvamento de dados de forma totalmente eletrônica, o que torna tal processo muito mais rápido que outras tecnologias. Dessas maneiras, hospedagens com SSL, podem deixar sites até 4x mais rápidos.

O que é SSL?

São certificados digitais que diminuem drasticamente a possibilidade de violação de dados, como por exemplo, o preenchimento de cartão de créditos na finalização de uma compra.

Conclusão

Portanto, vimos neste artigo, o glossário de termos mais comuns quando o assunto é hospedagem de sites.

Se você gostou deste conteúdo, deixe sua opinião nos comentários. Compartilhe-o também, para que mais pessoas se beneficiem.

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Categoria

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Localize no blog

Notícias e atualizações BQHost

Atualize seu site facilmente, mesmo sem ter conhecimento;